sábado, 20 de julho de 2024 | 03:14:40 Now19°C

Eleições nos EUA: o que Biden e Trump significam para o Brasil?

bandeira_eua-1024x683

O primeiro e talvez único debate entre Joseph Biden e Donald Trump, pré-candidatos democrata e republicano das eleições presidenciais americanas, foi realizado na noite da quinta-feira (27).

Acesse para receber notícias pelo Whatsapp 

Os analistas políticos dos Estados Unidos avaliam que Trump foi o vencedor do encontro. Mais articulado e contundente, ele enfrentou bem um presidente hesitante.

As informações são da revista Forbes.

As pesquisas mostram uma leve vantagem de Trump, apesar de o quadro poder mudar significativamente. A idade avançada de Biden, que tem 81 anos, e seu desempenho ruim no debate podem levar o partido democrata a trocar de candidato, zerando o placar e recomeçando o jogo.

A revista avaliou outro fator: Qual presidente seria melhor para a economia brasileira?

A Forbes falou com vários especialistas para responder essa pergunta.

Relações diplomáticas

Joseph Biden e Luiz Inácio Lula da Silva têm vários pontos em comum. São ligados ao sindicalismo. Lula fez sua carreira política no sindicato dos metalúrgicos de São Bernardo do Campo, e Biden, assim como várias lideranças democratas, têm ligações com sindicatos. Isso vem facilitando as coisas na tramitação diplomática.

Isso já vem garantindo algumas vantagens ao Brasil. O país é o maior comprador de diesel russo. Foram US$ 4,5 bilhões (R$ 27,5 bilhões) em 2023. Também é o terceiro maior importador de hidrocarbonetos, como petróleo bruto e derivados.

Uma vitória de Trump também teria reflexos eleitorais por aqui.

Protecionismo

Tradicionalmente os presidentes republicanos eram menos protecionistas e mais abertos nas relações econômicas com a América Latina, considerada uma região estratégica. Já os democratas tendem a ser mais firmes na defesa do mercado americano, o maior do mundo.

A relação se inverteu no governo de Trump, que foi apoiado no conceito de “America First” ou “Estados Unidos em primeiro lugar”, com uma elevação das tarifas de modo a preservar os empregos americanos, especialmente os menos qualificados.

Tanto Trump quanto um Biden reeleito serão pressionados pelos eleitores para endurecer as relações comerciais com a China. Ou seja, as barreiras protecionistas seriam elevadas para todos, mas as mudanças mais severas atingiriam o país asiático.

Comércio com o Brasil

Os Estados Unidos são o segundo maior parceiro comercial brasileiro. Em 2022, o comércio bilateral entre os dois países bateu US$ 121 bilhões. As principais importações do Brasil são combustíveis refinados.

O item de exportação mais importante é petróleo bruto. A falta de capacidade de refino no Brasil obriga o País a exportar petróleo e a importar gasolina. Além disso, outras importações relevantes são minério de ferro, café e aviões, graças à Embraer.

Acesse para receber notícias pelo Whatsapp 

Foto: Freepik 

Siga o Jornal Folha Parati no Instagram Clique Aqui 

Cristiano Zonta

Jornalista, Mestre de Cerimônias e Celebrante Social de Casamentos.



Folha Parati

O Jornal Folha Parati, a “voz metropolitana da região”. Foi com esse intuito que nasceu a proposta do jornal que teve sua primeira edição impressa circulando em Barra Velha, São João do Itaperiú e Araquari, gratuitamente, no dia 07 de dezembro de 2009, dia comemorativo ao aniversário de Barra Velha.


Receba nossas novidades